In Saúde

Olá, amores!

Essas recomendações irão tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Confira.

Créditos da imagem: pinterest.com

A verdade é que o procedimento pode ser feito, porém, algumas recomendações médicas devem ser seguidas para que o procedimento cirúrgico saia de acordo com o esperado.

Para saber mais sobre esse assunto leia o artigo que preparamos especialmente para você.

Muitas pessoas sonham com a possibilidade de um dia fazer uma cirurgia plástica, seja por questões de estética ou para visar o bem estar físico, psicológico e social. Fazer essa cirurgia faz com que o indivíduo se sinta bem e alcance o resultado que sempre sonhou.

Entretanto, em alguns casos, muitas pessoas não podem fazer uma cirurgia plástica, como, por exemplo,motivos de saúde. Algumas pessoas apresentam a doença chamada diabetes e muitas vezes não sabem se podem fazer determinado procedimento cirúrgico.

O que é a diabetes?

A diabetes é uma doença metabólica que ocorre pela falta da produção de insulina ou pela sua incapacidade de fazer a sua atividade no organismo, o que acarreta em um aumento da glicose, ou açúcar, no nosso sangue. Ela ocorre devido ao pâncreas não produzir insulina suficiente para o organismo, ou porque ela não é capaz de agir de maneira adequada. A insulina ajuda a fazer a redução da glicemia, pois permite que a glicose presente no sangue penetre nas nossas células, que será utilizada como fonte de energia para o nosso metabolismo. Se houver falta da insulina ou se ela não agir da maneira correta, vai ocorrer um aumento de glicose no sangue, o que definimos como diabetes.

Existem dois tipos de diabetes. O diabetes tipo 1 e o diabetes tipo 2, cada um com sua característica.

  • Diabetes tipo 1: O pâncreas não consegue mais produzir o hormônio da insulina devido a um defeito do sistema imunológico, que faz com que nossos anticorpos ataquem as células do nosso próprio corpo, destruindo as células que produzem esse hormônio.
  • Diabetes tipo 2: Nesse tipo de diabetes o corpo se torna resistente à insulina, que não age de maneira correta em nosso organismo, o que leva ao aumento de glicose no sangue. Esse tipo pode ser tratado com medicamentos orais e injetáveis.

Os sintomas dessa doença mais frequentes são vontade de urinar, sede, fome e emagrecimento. Esses sintomas acontecem por conta da produção insuficiente ou resistência à insulina, o que acaba acarretando o aumento da glicose no sangue.

O tratamento da doença é feito com a premissa de controlar os níveis de açúcar presente no sangue do paciente, para evitar que ocorra picos ou quedas no decorrer do dia.

Pacientes com a diabetes tipo 1 precisam injetar insulina diariamente para manter a glicose presente no sangue em valores padrões. Para fazer essa isso  é preciso ter um glicosímetro, que se trata de um dispositivo que é capaz de medir os níveis exatos de glicose no sangue do indivíduo. O diabetes tipo 2 geralmente ocorre acompanhado de outros problemas de saúde, como obesidade, sedentarismo, triglicerídeos alto e hipertensão. Com isso, é importante consultar um médico para cuidar desses problemas que aparecem junto com a doença.

Cirurgia em pacientes diabéticos

Assim como qualquer cirurgia, a cirurgia plástica também pode ser feita em pessoas diabéticas, mas, para isso, algumas questões devem ser observadas e o indivíduo deve receber auxílio médico. É importante que o médico saiba a sua condição para que as precauções necessárias sejam tomadas. Cada tipo de cirurgia plástica requer uma técnica diferente, algumas sendo mais agressivas e outras menos invasivas. Por isso é tão importante uma correta orientação sobre o seu caso.

É preciso que o indivíduo fique atento ao tempo de jejum para realizar o procedimento, já que a glicose do organismo pode cair muito caso a pessoa fique muito tempo sem alimentação. Os pacientes diabéticos devem se submeter ao procedimento principalmente na parte da manhã, assim o tempo em jejum não será muito longo. É importante o controle da glicose no pós-operatório, ainda mais em pacientes que fazem o uso de insulina.

É importante que o seu cirurgião plástico seja informado desde a primeira consulta que você possui diabetes e do tipo que você tem. Leve os seus últimos exames de sangue para o médico ver como está a doença e ver como está o controle da glicemia. Isso permite estudar como será realizada a cirurgia e qual será o porte da mesma.

O cirurgião plástico vai solicitar todos os exames que sejam necessários para saber se você pode fazer a cirurgia plástica mesmo tendo diabetes, isso permite fazer todo o procedimento da maneira mais segura possível. Um dos fatores mais importantes é determinar qual é o nível de hemoglobina glicada no sangue do indivíduo.

Esse exame é capaz de avaliar os níveis de glicose no sangue  da pessoa durante aproximadamente três meses. Antes da operação, este nível deve ficar abaixo de 7%. Caso o valor esteja acima dessa porcentagem quer dizer que os níveis de glicose no sangue nos últimos três meses estiveram em um valor muito alto. Caso isso ocorra é recomendável esperar até que os níveis da glicemia estejam mais estáveis.

Complicações diabéticas, restrições e riscos

A pessoa que possui a doença diabetes pode ter diversas complicações de saúde. Entre essas complicações estão cegueira, impotência sexual, problemas de cicatrização e pode levar à morte caso não seja devidamente controlado. Por isso é importante tomar todos os cuidados necessários indicados pelo seu médico. É preciso tomar cuidado com o consumo excessivo de carboidratos, é importante praticar atividades físicas e sempre fazer exames e consultas com um médico para levar uma vida mais saudável.

Assim como toda cirurgia, pacientes diabéticos passam pelos mesmos riscos de qualquer procedimento. Entre eles podem ocorrer problemas de cicatrização após o procedimento e hipoglicemia durante a cirurgia plástica ocasionado pelo jejum antes da sua realização.

Gostou desse artigo que preparamos para você? Tirou todas as suas dúvidas? Diga nos comentários o que achou. Para não perder mais nenhum artigo como este continue acessando o nosso site e se mantenha sempre bem informada.

Comments

comments

Recent Posts
Fale comigo

Envie sua mensagem que retornarei o quanto antes!

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search