In Turismo

Olá, meus viajantes! Tudo firme com vocês? Espero que tenham se divertido bastante no feriadão. E aí!? Viajaram? Ficaram em casa? Dormiram? Quero saber tudo! Me mandem um direct, sms ou whatsapp!? O importante é trocarmos ideias! Muitas ideias. Adoro saber das experiências dos senhores e senhoras.

Quem me acompanha pelas redes sociais sabe que embarquei para o Rio de janeiro neste 07 de setembro. Pensem numa viagem boa! Agora tripliquem! É sempre uma surpresa viajar para a Cidade Maravilhosa. Cada cantinho tem uma história, algo maravilhoso para se ver. Sou piolho do Rio, né? Quase todo mês dou um pulo lá. Sorte que a hospedagem é garantida, ou seja, não pago um centavinho sequer com hotel. UFA! Minha madrinha casou e tornou-se carioca, consequentemente, sou quase um carioca. Ainda vou morar no Rio! Não vejo a hora de pegar as malas e ficar lá por toda a eternidade. A cidade pode ser o que for, mas é lá que eu amo. Se sou feliz em Uberlândia? Digamos que mais ou menos.

Aeroporto de Uberlândia | 09h45 da manhã de quinta-feira Carinha de quem estava pê da vida com as três conexões que tive que fazer para chegar no RJ. Fui parar até em Brasília. Isso que dá comprar voo de Última hora. Latam quase quebrou minhas pernas!

Sempre fico em êxtase com tudo que conheço. Deus desenhou aquela cidade, gente! Eu tenho quase certeza disso. Já passei por muitos lugares, mas nunca vi nada que se compara com as belezas do Rio. E o melhor de tudo, são belezas naturais.

Gostaria de compartilhar com vocês alguns lugares que visitei e ficarei muuuuito feliz se fossem também. Separei só coisa “filé” p/ vocês, afinal, “nóis” é jeca, mas é jóia!

“Bora” lá? Bora viajar comigo?

     Mureta da Urca

Já fui no Rio de Janeiro pelo menos cem vezes, mas nunca pisei na Urca. É um absurdo, né? Tem horas que me acho um viajante de araque. Sexta-feira (feriadão) foi dia de matar a vontade de pisar por lá. E adivinhem? Nunca vi uma coisa maaaar linda na vida. Enfim, conheci a famosa e elegante Mureta da Urca. Gente bonita, linda paisagem, cerveja geladinha e muita paz. Diariamente, muitos jovens se reúnem no local para tomar uma bebida e jogar conversa fora. Só vendo para crer o quanto a vista é fascinante. Vão, gente! Vão!

Não deixem de ir no BAR DA URCA ( Coloquei em caixa alta p/ vocês não esquecerem). Já adianto que o preço não é tão acessível. Comi 03 pasteis (pequenos), 02 bolinhos (pequenos), Coca-Cola e uma água tônica. Adivinhem quanto deu? R$ 46! Quase cai da mureta e bati com minha cabeça!

Sou a favor da farofeira! Levem caixas de isopor com cerveja, Fanta Uva, marmita e suco Tang. Não dá p/ gastar tanto dinheiro assim por pouca coisa, né? As vezes é “Bão” ser chique, as vezes é “bão” ser “fubá”.

Tomando um sol na cara. Espantando toda a Urucubaca que uns seres estão me jogando. Só que meus punhos são de ferro! NÃO há mal que me alcança.

 

Fonte: Visit.Rio

É bonitinho demais de ver os pombinhos apaixonados na Mureta. Quase caem dentro da água de tanto fogo. Apaixonante. Já anotaram na agenda de vocês essa dica? Mureta da Urca tira qualquer relacionamento da crise.

Jockey Club

Agora sim estamos falando de um lugar refinado! É cada magnata do petróleo chegando naqueles carrões que nem sei como entrar.  Cheiro da riqueza exala. Foi a primeira vez que pisei no Jockey! Minto! Foi a primeira vez que vi uma competição. Já fui numa festa por lá, mas não tinha apreciado nadinha, uma vez que foi durante a noite.  Perdi a virgindade mais uma vez! Rsrs Só conheci lugares inéditos.

Um brinde. Dois brindes. Três brindes. Brindes bem gelados ao Rio de Janeiro. #Cheers!

Sábado foi dia de almoçar no Maguje. O restaurante conta uma história de convivências, de sofisticação despretensiosa, de descontração, em torno da boa comida e da boa bebida. Num ambiente feito para favorecer os encontros, a livre circulação, as misturas memoráveis.

O Maguje está situado entre o Jockey Club Brasileiro e o Jardim Botânico, com vista privilegiada para o Corcovado, para o lago do Jockey Club e o fim de tarde deslumbrante da cidade, atrás do skyline de Ipanema e Leblon. Um encontro de belezas que favorece muitos outros encontros: de pessoas, de sabores, de experiências. Pensem num lugarzino chique nu úrtimo! Pensaram? (Só queria informá-los que um bom pedacinho desse texto sobre o restaurante tive que “roubartilhar” no site do Maguje. Não existe melhor descrição para o local. O povo é chique, educado, top até mandar parar. A vista…. nem vou falar! Só vendo mesmo!

O forte do “bar” são as cervejas artesanais, ou seja, tem muita opção. P/ quem ama cerveja é uma ótimo passeio!

Estão curiosos para ver foto do meu almoço, né?

Então “borá”!?

Sei que querem saber o preço desse pratinho também! Rsrs R$56! Sei que pensaram “ Com R$56 vou ao mercado e compro 10 pacotes de macarrão e ainda compro um pote de sorvete. Rsrs ” O que vale é a experiência, amigos!

Fonte:jcb.com.br

Para mais fotos, reservas e informações : http://maguje.com/

Quiosque do Joilton

Se tiver “mió”, desconheço. Pensem num quiosque animado. Pensaram? É isso aí! Só faltou levar minha cama pra lá, afinal, fiquei mais lá do que em casa rsrs!! Bons drinks, gente bonita, preços acessíveis. O famoso Quiosque do Joilton está localizado no Posto 5 – Barra da Tijuca.

 

 

Adoro lugar descomplicado, sem muito teretetê ( frescura). E querem saber o melhor de tudo?  O DJ do rolê é eclético. Tem todo tipo de música! Se diverti? Ihhhhh, até! Se bebi? IHHHHHHHH, de cair!

 

Enxugar o caneco é comigo mesmo. Valeu!

Só restaram boas recordações.

Afinal, como não amar o Rio de Janeiro?

E aí!? Curtiram?

#FUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

@jrmatiasviaja

Comments

comments

Recent Posts
Fale comigo

Envie sua mensagem que retornarei o quanto antes!

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search