In Comportamento

Olá, amores!!

Querem causar uma boa impressão?

Pois é! Segundo a psicóloga Eliana Alves Pereira, nossa consultora, “Causar uma boa impressão não é tão difícil como propagam por aí!  Também não é tão fácil como pode parecer! Tudo o que você precisa é dosar o quanto e o que se fala”.

Vejam as dicas de nossa consultora para você se tornar uma pessoa querida por todos.

De acordo com a psicóloga,   “Mais do que sorrir, dialogar e   tomar cuidado com a linguagem corporal negativa,  é preciso se segurar pra não tomar algumas atitudes que podem colocar tudo à perder. O que fazer (ou não!) para causar uma boa impressão você descobre abaixo!

Só debata assuntos que você de fato domina

Muita gente acha que é preciso participar de todas as conversas para causar uma boa impressão. Pelo contrário! Ao tentar impressionar falando sobre assuntos que você não conhece direito, o risco de se colocar numa situação constrangedora é muito maior. “Nessas horas, o melhor é ser honesta e assumir que não entende muito bem do está sendo discutido”, sugere a especialista.

Divida a atenção

Nada de fazer do diálogo um monólogo. Contar suas histórias e experiências de vida é um jeito fácil de criar uma intimidade com o outro, é verdade, mas falar o tempo todo sem dar uma brecha para que o outro também se posicione é terrível. O mesmo vale para o contrário: nada de ficar quieta demais!

“Escute de verdade, com atenção, faça pequenas intromissões com perguntas e comentários pertinentes ao assunto. O outro vai adorar saber que você está 100% concentrada na conversa”.

Cuidado com assuntos polêmicos ou delicados


Se a ideia é causar uma boa impressão, melhor deixar os assuntos polêmicos para um outro momento. Dependendo do seu ponto de vista, a conversa – que tinha tudo para ser informal e agradável – pode acabar em discussões e inimizades. Melhor evitar!

Não fale mal de quem não está presente

Todo mundo tem uma pessoa ou outra com a qual não se simpatiza, seja pela forma diferente de pensar, pelas atitudes… é natural! O problema é que essa mesma pessoa que te desagrada pode ser colega de outros presentes na conversa. Por isso, nada de fazer comentários maldosos sobre quem está ausente. Além de não causar uma boa impressão, as pessoas te verão com desconfiança. Afinal, quem garante que você não vá fazer o mesmo quando outra pessoa da roda não estiver por perto? Melhor evitar!

Só dê sua opinião em problemas alheios se for solicitada


É normal acontecer, durante uma conversa, que as pessoas contem seus problemas pessoais. Mas isso não significa, necessariamente, que elas estejam pedindo sua ajuda ou opinião. Por isso, mesmo querendo ajudar, a psicóloga  sugere que você aguarde até que seu ponto de vista seja solicitado. “Qualquer comentário fora de hora pode soar rude ou petulante, como se você fosse dona da razão”, diz.

Já deu pra ver que a chave para causar uma boa impressão é sempre manter o equilíbrio, né? Nunca exagere nos comentários, na intimidade, nas piadinhas, na imposição de suas crenças e valores. Saiba ouvir e respeitar a opinião dos outros e sempre coloque seu ponto de vista de maneira sutil e delicada. Assim, você vai ser querida por toda a turma, onde quer que você vá!

E aí, gostaram? Deixem o seu comentário!


Comments

comments

Recent Posts
Fale comigo

Envie sua mensagem que retornarei o quanto antes!

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search