In Turismo

BY JR MATIAS

Você pode sonhar, criar, desenhar e construir o lugar mais maravilhoso do mundo. Mas é necessário ter pessoas para transformar seu sonho em realidade!”   

Walt Disney
 Bonjour mes voyageurs! Est-ce que tout va bien pour vous?
Aoh trem bonito! Chego arrepiar quando escuto o tal do francês. Sei algumas palavrinhas. Meu maior sonho é ser fluente.  Já tentei frequentar algumas aulas, mas a rotina, um verdadeiro “batidão”, não permite. Ufa! Um dia consigo um horário na agenda.
Agora em português…
 Bom dia meus viajantes! Tudo bem com vocês?
Hoje vim contar um pouquinho da minha experiência na Disneyland Paris, um lugar alto astral e mágico.  A versão francesa do reinado de Walt Disney é bem mais modesta do que a americana. Quem me conhece, sabe o quanto sou apaixonado pela magia que a Disney proporciona. Logo de início já respondo que SIM! Vale a pena conhecer a Euro Disney. Foi uma experiência tão maravilhosa. Sinto saudade de cada instante que passei por lá, afinal, desde criança almejei por tudo isso que está acontecendo comigo. Vamos deixar aquele velho preconceito de que Disney é só para criança!? Diverti demais. Comprei tudo que tinha direito, até cueca do Mickey Mouse, e, acreditem, dou valor na danadinha, só uso em ocasiões especiais. Não mostro aqui! Vai que vocês “Xonam” no corpito do moreno? Brincadeiras à parte,

Acima, um clique logo na entrada. Emoção demais!!! Uhuu! Cheguei, Disneyland!
Acho válido contar um “cadinho” da história do complexo para vocês, meus viajantes!  A Disneyland Paris é o local onde estão localizados os restaurantes, parques e hotéis. Foi inaugurado em 12 de abril de 1992 sob o nome de EuroDisney, mas, em 1995, passou a se chamar Disneyland Paris devido a mudanças estratégicas.

 Não existe um trem mais bonito que esse casal. Mickey e Minnie, quem não ama? Sou fã desde criança. Acreditam que meu irmão de três aninhos assiste todos os desenhos do Mickey? Ele fala que é o preferido!

O famoso castelo da Bela Adormecida (Sleeping Beauty). Sabiam que nos Estados Unidos existe um castelo parecido, porém é o Castelo da Cinderela? Essas princesas são mais chiques que nós, humanos reais.

Minha marca registrada – Pular feito um cabrito nos lugares que vou pela primeira vez. Típica. Olhem só a camisetinha de R$90 Temer.

Na Disneyland Paris, o Mickey fica dentro de uma sala exclusiva, como se fosse um quarto de uma casa. O tempo de espera depende da época do ano. Fiquei mais ou menos uma hora aguardando para o grande encontro. Por lá é tudo muito feliz, animado, leve. A equipe disponibiliza vários filminhos para assistirmos até nos chamar. É S-H-O-W!

Existem diversos rumores que não compensa visitar a EuroDisney, sobretudo pelo tamanho dos parques, se comparado com o Magic Kingdom, localizado na famosa cidade de Orlando – EUA. Está certo de que a Disney de Orlando deixa a de Paris no chinelo, pelo tamanho e número de atrações, mas… O local é encantador da mesma forma, afinal, quem disse que tamanho é documento? Peguei os rumores, joguei na lata de lixo e estava decidido, um dia seria dedicado somente para conhecer a Disney. Como já disse e volto a dizer… “Opinião cada um tem a sua”.
Estava tão perto de dar um abraço no Mickey. Queria pisar na Disney com o pé direito.
Meu intuito era conhecer a Disney de Orlando, mas como contei na matéria anterior, meu visto para os EUA foi negado. Como negaram um nenê feito eu, gente? Um dia vou conhecê-la, claro, depois de dar a volta ao mundo. Sorry EUA!

A alegria da criança em viver tudo aquilo que sonhei um dia.

Me senti no filme Ratatouille. Eles valorizam cada detalhe. Tudo é planejado e construído baseado no filme. A vila dos ratinhos é linda.
Bom, você já sabe que o lugar é encantador e compensa visitá-lo. Agora, vem cá… Quer saber como comprei o ingresso para os parques, como cheguei à Disney, relatos de pânico nas montanhas russas e muito mais?
Se sua resposta foi sim, continua aqui comigo!?
O que é preciso saber para que sua visita seja sucesso garantido? Quais as melhores dicas para curtir e amar a Disneyland Paris?

Onde comprar os ingressos do parque?

LOJAS FÍSICAS
Fiz a compra na Disney Store, loja física, localizada na Champs- Élysées ( coisa phyna). A loja é a coisa mais linda que já vi na vida. Vi uma matéria em um blog alheio dizendo que a loja é muvucada e apertada, mentira. Queria comprar de tudo. Os produtos não são nada baratos, preços salgadíssimos. Comprei apenas uma camiseta para usar no dia de visitar a Disney. Caso minha memória não esteja falhando, paguei 25 euros, aproximadamente R$90. Caro, né? Que nada! Quem está na chuva é para se molhar. Pelo menos fui bonitão de camiseta nova.

Localizada na rua mais chique da cidade de Paris, a loja da Disney recebe milhares de visitantes, diariamente. É tudo muito lindo! A fachada não chama muita atenção de quem passa na rua, mas dentro é um sonho.

Acreditam que não tirei fotos dentro da loja? Burro! Consegui achar uma na net.

 – Internet

Caso opte pela comodidade, compre o ingresso via net. Existem diversos sites que vendem pacotes que incluem entrada dos parques, transporte e guias turísticos.  Indico comprar no site oficial http://www.disneylandparis.fr/ ou pela Viator – Uma empresa TripAdvisor  https://br.viator.com/pt/8328/tours/Paris/Disneyland-Paris-1-Day-Ticket/d479-5307DISNEYMAGIC.
Os sites contêm todas as informações necessárias, desde sobre a retirada do bilhete até como chegar nos parques. Leia tudo com atenção. Não fique com dúvidas!

 – Na entrada da Disney

Sim! É possível comprar o passe na entrada da Disneyland Paris. Não indico! Compre pela net ou na loja física como citei acima, é melhor, mais garantido. Evite estresse!

Quanto custa?

A Disneyland Paris é dividida em dois parques: Disneyland® Park e Walt Disney Studios® Park. Os preços variam de acordo com a preferência do viajante. Fiquei apenas um dia, mas visitei os dois parques. Paguei em média 50 euros, equivalente a R$180. Conhecer apenas um parque sai quase o mesmo preço, então, minha dica é comprar entrada para os dois. São apenas 9 euros de diferença. Pasmem! Para dois ou três dias o passe custa 90 e 109 euros, respectivamente.

 Como pagar os ingressos?

Cartões de créditos e dinheiro. Caso opte por comprar os ingressos em Paris, ligue para a central do seu banco e desbloqueie o cartão de crédito pelo menos três dias antes do embarque.

Qual o melhor parque?

O Disneyland Park é parecido com o Magic Kingdom de Orlando, porém, menor. Por lá se encontra a Fantasyland  (atrações clássicas da Disney, tais como Dumbo, Peter Pan e princesas),  Adventureland (atrações do Indiana Jones e Piratas do Caribe), Castelo da Bela Adormecida e o Mickey Mouse.

Templo Indiana Jones

Montanha russa do Indiana Jones. Lugar topíssimo. Pensei que estivesse no filme. Tudo construído com muito capricho e atenção nos mínimos detalhes.

E quem disse que tive coragem de enfrentar isso? Fui nem!

Small World

Adorei o conceito do passeio. Juntamente com outras pessoas, embarcamos em um barquinho que nos levou por dentro de um conto de fadas. É tipo um cenário que mexe, os personagens cantam e dançam…O tempo da atração é de 15 minutos. É muito emocionante. Gostei muito!

O carrossel de Lancelote

Brinquedo dos sonhos. No Brasil é difícil achar um carrossel ajeitado, né? Precisamos tomar cuidado com tétano. O da Disneyland Paris é perfeito.
 

 Big Thunder Mountain

Um lugar fantástico. Fiquei boquiaberto com essa parte da Disneyland Paris. Tive coragem de encarar essa montanha russa. Show, muito show!

O labirinto da Alice

Fiquei mais perdido do que cego em tiroteio no danado do labirinto. Brinquedo pra menino de dois anos de idade e eu entrei como se fosse para a terceira guerra mundial. O caminho é bem divertido, são vários objetos e sons que remetem o filme Alice no País das Maravilhas. Adorei!
O Disneyland Park tem diversas outras atrações; citei só algumas para não ficar cansativo. No site oficial da Disney http://www.disneylandparis.co.uk é possível ver todas as fotos e lugares.
O outro parque do complexo é o Walt Disney Studios Park. É nele que encontramos as histórias dos filmes desenvolvidos pela Disney. É possível acompanhar de forma interativa a produção e a gravação dos filmes, principalmente os de ação. Adorei conhecer mais a fundo sobre o filme do Homem Aranha, Moana, entre outros.

Cinémagique

Um lugar destino para homenagear a ação ao vivo em 100 anos de cinema.

Um pouquinho do parque. Tudo muito fantástico.

Onde tudo acontece…

Já ouviram falar em storybook? As histórias dos livrinhos e filmes são contadas ao vivo, com  a interação do personagem e do contador de histórias . Algo bem legal e interessante de se ver.
Adorei todos os dois parques. São bem divertidos e coloridos, porém gostei mais do Disneyland Park por diversos motivos. O desfile dos personagens acontece nele, podemos encontrar a Minnie, Donald, Pateta andando pelo parque, os melhores restaurantes e lojinhas estão nele também, além de ter mais atrações. Cheio de vida.  Enfrentei algumas filas em brinquedos específicos, mas nada muito demorado. Dizem que na Disney de Orlando o tempo de espera é bem longo, principalmente, em alta temporada.

A Disney é dentro da cidade de Paris?

Não!
O complexo está localizado em Marne-la-Vallé, distrito que fica cerca de 35 km do leste de Paris.

Meu Deus! 35KM ? Como faço para chegar?

Quem tem boca vai a Roma e a Disneyland Paris também!

MELHOR OPÇÃO – Metrô

RER: A linha de RER (Marne- la-Vallée-Chessy), de cor vermelha, conecta o centro de Paris com a Disneyland na linha A. O parque está na zona de tarifação 5 e o trajeto tem uma duração de 35 a 40 minutos.  Garanto que o meio é bastante aconchegante. Gostei muito, a paisagem é linda. A única desvantagem é a possibilidade de voltar em pé, principalmente nos horários de pico. Voltei caindo de um lado pro outro na volta, mas foi ótimo. O preço é bem reduzido, muito menos que qualquer outro meio, mas não lembro o valor exato. Não se preocupe com a volta, pois há RER até meia-noite saindo de volta para Paris.
– Táxi – Opção caríssima. Acaba que o valor da locomoção fica mais cara que o ingresso.
– Magical Shuttle – São ônibus que saem dos aeroportos, diariamente, com destino a Disneyland. Verifique os valores e os horários de partida pelo site oficial https://magicalshuttle.co.uk/
– Transfer – Prático, porém caro. É possível combinar com os motoristas de encontrá-los nos aeroportos ou no hotel que está hospedado.

Quando ir à Disneyland Paris?

De cara, digo que a melhor época é o verão (junho a agosto). As flores ficam lindas, o céu bem azul, tudo muito alegre. Os dias são longos, escurece 21h. O inverno é meio tenebroso e sombrio. Disney não combina com chuva e neve, né?

Homem de 1,87 cm de altura pode ter medo, produção?

Vocês acreditam que um homem desses, de 1,87 cm, tem medo de parque de diversão? Pois bem, minha tia (que estava comigo) teve que pegar bastante no meu pé para que eu criasse coragem. Via aquelas menininhas pequenas descabelando na montanha russa, e eu? Taquicardia de medo. Depois de muita peleja e desaforo que tive que escutar “Gasta esse dinheirão pra vir aqui pra que?”, encarei o primeiro brinquedo, A torre do terror. Entramos em um elevador, o danado subia, subia, subia, quando, de repente…VRAUUUUUUUU! Caiu de uma só vez. Fiquei tipo Mister Bean, queria uma câmera filmando meu rosto no momento que o treco despencou. Depois disso, o brinquedo mais radical que enfrentei, foi o carrossel que rodava 1km por hora. Não nasci pra parque de diversão, amigos. Mentira! Encarei outras atrações.

A gente senta nesses banquinhos dentro do elevador, ele despenca ferozmente. E não é só uma vez amigos, são várias.
Tive a oportunidade de comer um lanche bem gostoso dentro de um dos parques. Um belo de um hambúrguer e batata frita. Paguei 12 euros.

Enfim, conheci o Mickey Mouse…

Fiquei uma hora na fila para entrar na casa do Mickey. Pensem em um personagem pop e engraçado. Tiramos muitas fotos, todas as poses possíveis. Era um sonho de criança.
O desfile de todos os personagens foi a coisa mais linda que já vi até hoje. Fiquei arrepiado o tempo todo. Bolhas de sabão voavam para todo lado, a música Livre Estou tocava freneticamente. Senti muita gratidão. Caraaaaca!

É tanto efeito que a gente põe, a foto até embaça. O importante é o galã do Mickey.

Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi. Fotos de todos os ângulos. Eternizei os momentos, comprei 2 porta-retratos que me acompanham sempre.

Lojas e mais lojas

Existem muitas lojinhas dentro dos parques. Comprei muita coisa. Fui embora com um monte de sacolas. Trouxe presentes para todos os amigos, e coisas para decorar minha estante. Deixei um bom dinheirinho por lá, quase que meus euros acabam. Em Paris as coisas são caríssimas, enfim, se a Disneyland Paris for seu próximo destino, leve bastante grana. Valeu a pena!

Para finalizar…

O passeio vale a pena em todos os aspectos. Vá sem medo. Eu garanto que vão amar cada detalhe, afinal, a Disney nunca perde seu brilho, seja ela em Paris ou Orlando.
Ainda tem alguma dúvida? Entre em contato comigo!
Um abraço bem forte e bão.

“If you can dream it, you can do it. Always remember that this whole thing started with a dream and a mouse!”   –   Walt Disney

Jr Matias

Comments

comments

Recent Posts
Fale comigo

Envie sua mensagem que retornarei o quanto antes!

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search