In Boa Forma

Olá, amores!

Aproveitando que estamos saindo de um fim de semana prolongado, estou trazendo essa matéria porque vai ajudar diversos leitores que têm dúvida sobre essa dieta das frutas.

O que é a Dieta das Frutas?

Segundo a nossa consultora e nutricionista Anuska Lara, “As frutas possuem poucas calorias, são fontes de fibras, vitaminas, minerais e água. Além de possuírem o sabor bastante agradável e uma grande variedade”.

“Essa dieta só deve ser seguida por pessoas saudáveis, que não tenham nenhum tipo de problema de saúde. É aconselhável que essa dieta seja seguida por no máximo 10 dias”.

Café da manhã: 2 porções de frutas.

Almoço: 2 porções de frutas e uma porção de proteína (filé de peixe, filé de frango, bife grelhado, ovo cozido ou atum.)

Lanche da tarde: 2 porções de frutas.

Jantar: 2 porções de frutas e uma porção de lácteo (3 fatias de mussarela light, 2 iogurtes desnatados, 2 copos de leite desnatado ou 50 gramas de queijo branco ou ricota light).

Vantagens da Dieta das Frutas

A nutricionista explica que “É uma alternativa para quem deseja perder peso rapidamente, ou seja, pode ser feita em um momento de emergência onde é preciso emagrecer de forma imediata. Outro ponto positivo é o incentivo ao consumo de frutas, que são fontes de vitaminas, minerais e fibras importantes para o organismo”.

Desvantagens da Dieta das Frutas

Massss, como nem tudo é perfeito “É uma dieta muito restritiva, com poucas calorias, ou seja, durante o seguimento é possível sentir tonturas, fraquezas, cansaço e indisposição, já que o fornecimento de energia é insuficiente para o bom funcionamento do organismo. Caso ocorram os sintomas mencionados acima, é importante suspender a dieta e retornar a alimentação normal”.

“Com essa dieta, a pessoa perde peso rapidamente, porém além da gordura, também perde massa muscular, o que pode deixar o metabolismo mais lento, e com o passar do tempo, pode dificultar a perda de peso e ainda favorecer a recuperação do peso perdido.

Nessa dieta ocorre a exclusão de grupos alimentares, como é o caso dos carboidratos, hortaliças, leguminosas e gorduras. Os carboidratos são responsáveis em fornecer energia e sua falta pode ocasionar fraqueza e tontura. Já as leguminosas são fontes de aminoácidos e proteínas essenciais ao nosso organismo. As gorduras também devem fazer parte da nossa alimentação diária, já que são responsáveis pela produção de determinados hormônios e pelo transporte de vitaminas lipossolúveis.

A dieta também é monótona. Logo,  a pessoa não consegue seguir por muito tempo. Além disso, não estimula a reeducação alimentar, dessa forma, quando a pessoa pára de seguir a dieta, recupera todo o peso perdido, pois continua se alimentando de forma incorreta, já que não aprendeu a adotar hábitos alimentares saudáveis”, finaliza Anuska Lara.

E aí, gostaram? Deixe o seu comentário.

Comments

comments

Recommended Posts
Fale comigo

Envie sua mensagem que retornarei o quanto antes!

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search