In Turismo

Olá meus viajantes! Como estão?! Olhem eu aqui novamente!

A dica de hoje é bem simples, creio que muitos de vocês já conhecem os famosos guias de viagens, mas em caso de dúvida, estou aqui para apresentá-los e falar o quanto são úteis em uma viagem internacional.

Namore alguém que te olhe como olho para meus guias de viagem!

Quando viajei para a Europa, em junho de 2016, tive a oportunidade de comprar o guia de Londres e de Paris. Confesso que me ajudaram muito a escolher os melhores lugares para visitar, bons restaurantes, passeios, rotas, entre outras coisas. Está certo que todas as informações sobre os destinos são encontradas na internet, porém, nada melhor do que um livrinho em mãos, tanto para os passageiros de primeira viagem, quanto para os informados, que já visitaram os locais. Os guias são maravilhosos, possuem uma riqueza de detalhe incrível. Dependendo da livraria podemos encontrá-los a partir de R$65. Os livros podem ser encontrados em lojas virtuais e físicas, então pesquise ai por  “preço guias visuais Folha de São Paulo”e faça um filtro dos lugares que vendem os guias mais em conta. Já antecipo que não é difícil de encontrá-los, porém, há exemplares de alguns destinos que são mais complicados. Procurei em pelo menos três livrarias o guia de Berlim e acabei não encontrando, já o de Paris, Londres e Estados Unidos encontrei em todos os locais físicos que visitei.

Pois bem, o manual de sobrevivência ensina de tudo um pouco, desde frases do idioma do país escolhido até pegar um metrô, ou postar uma carta no correio, por exemplo. O livro é bem prático, não é grande, cabe em qualquer bolsa ou mochila. Juntamente com o livro vem um mapa surreal, o qual me salvou diversas vezes enquanto estava perdido pelos lugares.

As centenas de imagens espalhadas pelo material não o deixa cansativo. Você pode encontrar roteiros prontos de acordo com a quantidade de dias que ficará no lugar. É interessante seguir pelo menos algumas dicas do guia, uma vez que muitos lugares que citam para comer são os olhos da cara, saiba filtrar.

As dicas que encontramos na internet são mais acessíveis quando o assunto é valor. Para um estudante, assim como eu, preciso pesquisar, pechinchar, até encontrar algo mais em conta.

Muitas pessoas acham que não compensa comprar o guia, pois alegam que depois que voltarem de viagem, o livro ficará encostado e nunca mais será usado. Engano! Mesmo que não tenha o intuito de voltar para aquele lugar, o material poderá servir de fonte de pesquisa para um bom tempinho na vida. Os livros ficam bem bacanas quando expostos em estantes ou mesas, a fim de decorarem o ambiente. O mapa que vem anexo ao livro, se colocado em um quadro com uma moldura também fica esplendido. Gosto de ficar observando e tentando entender essas linhas de metrôs, que embaralharam minha mente, principalmente em Paris. Nunca vi tanta cor de linha de metrô!

Comprei dois guias de viagem da National Geographic, mas não gostei tanto quanto o guia Folha de São Paulo, pois não achei tão didático, os preços são praticamente iguais. Não tenho certeza se os valores dos livros são tabelados ou se em cada lugar define seu preço. Adquiri um guia de viagem na La Selva Bookstore no Aeroporto de Congonhas- SP. Notei que o preço é mais acessível, porém o livro não é tão trabalhado e detalhado quanto aos outros citados acima.

Os guias da Laselva podem ser encontrados a partir de R$15,90

Os guias da Laselva podem ser encontrados a partir de R$15,90

Pessoal, todos os guias são válidos e importantes para uma viagem. Escolha o da sua preferência!

Sou apaixonado em comprar livros, sou daqueles que fica cheirando as páginas rsrs! E vocês?

E ai, ficou com alguma dúvida?

Fica a dica!

Abraço forte e bem “bão”!

Comments

comments

Recommended Posts
Fale comigo

Envie sua mensagem que retornarei o quanto antes!

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search